Minha perda de peso

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

*Desanimada?Talvez não sei*

Queria postar alguma coisa, tenho sempre um monte de coisas pra contar, mas de repente me bateu um sentimento estranho, estou com tantas coisas guardadas, as vezes acho que preciso desabafar, não tenho mais amigas pra desabafar, e faz tempo, gosto da minha mãe, mas tem coisas que não quero falar com ela, meu marido não me entende, as vezes quero contar alguma coisa ele já me diz que só reclamo, ai eu vou ficando assim cheia de coisas e acabo me entristecendo e chorando sozinha.
A minha vida está boa, sim esta, mas ao mesmo tempo está complicada, voltei a morar com a minha mãe, e a principio iria ser provisório até construirmos, que no caso seria no começo deste ano, o ano já acabou, o terreno está do mesmo jeito, ai decidimos vender o terreno e construir no terreno da minha mãe que é bem grande e meu pai fala que é meu, e eu sei que é, mas não vendemos o terreno ainda, ai decidimos que vamos financiar uma casa já pronta, mas como ainda não deu pra mim ir atrás estamos aqui, é complicado, minha mãe cuida do meu filho, e lava minhas roupas, agora então ela faz tudo sozinha, e não se importa, quando estou trabalhando fora, ela também faz tudo, mas acontece que o meu marido se dá bem com eles, mas meu marido tem uma personalidade dificil, ele é complicado também, e se eu falar isso pra ele a gente briga, mas ele não vê o que as pessoas fazem por ele, ele só vê o que as pessoas não fazem, entenderam, e é sempre assim, ele não costuma ver que a minha mãe cuida do meu filho como se ele fosse de vidro, ele vê somente na hora em que ela chama a atenção dele, a minha cabeça está tão confusa, fico me perguntando o que posso fazer para mudar esta situação, mas é complicado, amo meu marido, e amo a minha familia, mas tenho certeza que se não for embora logo da casa da minha mãe vou me desentender com um ou com outro.
E isto é só parte do que está me deixando triste talvez, não gosto de ficar em casa, e parei de trabalhar quando decidi operar, e sou muito independente, gosto de comprar as minhas coisas sozinha, acho que um emprego agora me ajudaria, me deixaria pra cima, bem melhor, vou parando por aqui porque tenho coisas demais pra falar....até mais...

6 comentários:

  1. Olá
    nada de desânimos não
    quase todas as famílias são assim
    e quanto ao que disse do seu marido normal sabe
    todos nos seres humanos somos assim sempre vemos somente o que nos interessa
    mas vá com calma e logo as coisas estaram bem de novo
    e isso do emprego tenho certeza que seria ótimo pra vc bjs e te cuida

    ResponderExcluir
  2. Ju....tranquilidade. Esse momento e' seu querida. muita força. Morei com meus pais e a situaçao foi identica...So melhora mesmo quando temos o nosso cantinho. Vou torcer muitopra seu cantinho, seja no terreno de seu pai, seja na casa financiada, sair logo do projeto e virar realidade!!!

    Aproveite bastante a ajudinha de sua mae e de seu pai. e o marido, ele tem que relaxar tb ne'? Conversando se entendem!bjs amor!!

    ResponderExcluir
  3. Olá passa lá pra visitar esse novo blog

    http://conhecendo-historias.blogspot.com/

    bjs....

    ResponderExcluir
  4. Ju...isso td que ja estava acontecendo na sua vida, com certeza com a cabeça bem fria vc vai resolvendo conforme os passar os dias.
    Te conheço...somente se concentrar na sua cirurgia, pois ela tbm mexe com seu psicologico.
    beijos e juizo!

    ResponderExcluir
  5. Amiga, voltar a tralhalhar irá lhe fazer muio bem, além da independência financeira, fará com que você tome as iniciativas que precisa, muitos homens se tornam de pendentes das mulheres, fingem que mandam na casa, mas a última palavra sempre é da esposa, apesar de seu marido ter uma personalidade forte, ele espera por você para resolver os problemas.
    Boa sorte. Beijos no coração!!!

    ResponderExcluir
  6. Ai miga enteod isso já dizia o velho ditado quem casa quer casa... olha estou financiando um apto naum é mto difícil naum.... e outra miga melhor mesmo vc morar em outro lugar... kd familia é de um jeito bjos

    ResponderExcluir