Minha perda de peso

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

*Estive pensando....*

Ando meio pensativa a respeito da cirurgia, não me arrependo, e acredito que não haverá motivos para me arrepender, a cirurgia é o caminho pra quem está em um grau de obesidade avançado, é o caminho pra quem quer e precisa perder peso, mas se a cirurgia é tão boa assim pq será que tem tanta gente frustrada com o pós operatório?A resposta é simples, pq as pessoas não se preparam, pq nós seres humanos apesar de sabermos que tudo tem um preço (tudo mesmo), gostamos de ficar pensando, muitas vezes até se martirizando se valeu a pena.
Acredito que nós devemos fazer valer a pena, eu disse uma vez numa postagem que cada vez que olhava para os meus cabelos caindo ria de felicidade de olhar para o ponteiro da balança que tbm caia, eu senti tantas dores nos primeiros dias da ciurgia, senti dores nas costas que achei que fosse morrer, quando respirava parecia que o meu pulmão estava machucado, mas para mim valeu a pena, e vale a pena, comentei ontem num blog que sinto dores nas pernas, eu hoje me considero uma pessoa fraca fisicamente, meu filho não pesa nem 20kg e eu não consigo ficar levantando ele com facilidade, porém eu posso correr com ele, pular, brincar, e isto pra mim é mais satisfatório, é mais prazeroso.
Hoje completo 1 ano e 1 mês de cirurgia, e perdi umas 300 gramas neste mês, e sei que se algo está errado a culpa é minha, não posso culpar meu médico, minha nutricionista, meu organismo, a culpa é toda minha, pq "sei" que não é certo beber tanta cerveja, "sei" que não é certo ficar beliscando, "sei" que não é certo comer besteiras, então se faço errado não posso culpar ninguém e nem ficar frustrada, tenho é que fazer o certo e correr atras do prejuizo, estou errada em não fazer dieta, em não manter hábitos saudaveis, mas eu operei o estômago a cabeça gorda continua aqui, entendi o que posso e o que não posso, deixei de comer alguns alimentos, e tudo o que como são em porções bem menores, antes comia 2 pastéis na feira e uma coca-cola, hoje somente 1/2 pastel e nada de refrigerante, antes no café da manhã comia 2 pães e um copo bem grande de refrigerante, hoje tomo cerca de 80ml de capuccino e umas 3 bolachas de àgua e sal, não sinto fome, às vezes sinto necessidade de comer, fiz besteiras depois que operei, e sei que se quiser comer os 2 pastéis na feira consigo, basta tentar, e é ai que temos que pensar, pra que tentar se com metade estou saciada?Falar é bem mais fácil que agir, mas temos que nós superar, e acreditar que somos capazes, se não acreditamos em nós, quem vai acreditar?
Acho importante termos mais auto confiança, acreditarmos mais em nós mesmos, e não desistir, quando achamos que não está bom, nós mesmo é que temos que melhorar, quando aparecer um problema temos que achar uma solução ao invés de choramingar, assim com certeza será melhor...
Até mais...

12 comentários:

  1. Sabe, eu tbem ja me peguei pensando isso sim.
    Poxa, a gente muda o curso do nosso corpo, arranca um pedaco, tira outro, poe pra ca e pra la.... Mas... Se nao fosse assim, como teria sido?
    Continuariamos comendo 2, 3 pasteis, mesmo sabendo q nao podiamos.
    Hj, temos o controle necessario pra nao fazer mais essas coisas, foi de uma maneira radical? Foi sim, mas, foi a maneira q encontramos pra ter um pouco mais de dignidade e alegria de viver.
    Pq, fala verdade, como era dificil...
    Eu nao conseguia fazer mais nada com meu filho, hj em dia, ainda tenho limitacoes por causa da coluna, mas, me sinto muuuuuuuuuuuuito mais disposta, mesmo estando em recuperacao dessas dores.
    E a forca, Juh, volta com vc fazendo fisioterapia, fortalecimento muscular, eh o q eu faco na fisio, e tomando a proteina, q tonifica os musculos.

    Amiga, continue acreditando em vc, mais do q ninguem vc sabe o tanto q vc passou e sofreu pra chegar onde vc chegou.

    beijo
    Vivi

    ResponderExcluir
  2. Aco muito legal a vizão que voce tem da pós cirurgia. Não passei por ela ainda, e claro que desejo um pós muito tranquilo. Mas estou completamente conciente de que pode ser muito diferente do que eu espero. Mas tenho preparado minha cabeça para talvez até me arrepender na hora da dor (até na hora do parto quando a dor ta grande a gente se pergunta o que ta fazendo alí), mas por cabelo caindo e por não conseguir comer, jamais! Claro, pode ser que seja diferente, só Deus mesmo é que sabe. Mas admiro as meninas que não se arrependem, pois são pessoas que encararam e abraçaram a bariátrica de frente. Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Não gostei do seu post.
    Fico tristemente impressionada sobre como é tão difícil estarmos no controle do nosso corpo. É disso que eu sinto falta: controle sobre ele. Parar de comer quando quero/preciso parar, pensar nas consequências das minhas escolhas quando estou diante de um prato de comida.. ah.. como eu queria estar no controle.
    Não gostei do seu post pois nele você joga na nossa cara que após a cirurgia pode ser que ainda não estejamos no controle. Que vai ser preciso se esforçar e lutar na busca dele.
    Por isso, adorei o seu post. Ele coloca o lado do pós cirúrgico que a nossa mente tenta não ler. Tenho certeza que será muito bom para todas nós lê-lo. Obrigada querida e parabéns por tê-lo feito.

    =**

    ResponderExcluir
  5. Eu luto diariamente comigo, com minha cabeça gorda,eu poderia hj estar 10 kg mais magra, mas eu nao me preparei , eu resolvi e fiz!Nao me arrependo e penso a cada q eu posso ser melhor e continuo lutando! Adorei o post.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ju! Bom dia!
    Eu achei super legal esse post, é importante a gente pensar mesmo, saber que a cirurgia ajuda demais, muda a vida da pessoa, mas não faz milagre, nós temos que fazer a nossa parte!
    Embora seja muito mais difícil fazer do que falar, se a pessoa não reconhece, não tem consciência de que precisa fazer a parte dela, não faz mesmo!
    O bom é que você sabe disso, tem consciência, então agora só depende da sua força de vontade... as piores dificuldades você já superou, e eu tenho certeza que você vai sair vencedora de mais essa fase!
    Tenha um fim de semana maravilhoso, aproveite a sua vitória, porque você batalhou e merece ser feliz!
    Fica com Deus, beijooos!

    ResponderExcluir
  7. Oi amiga, ótimas e sábias palavras... realmente SÓ DEPENDE DA GENTE!!! se nossa cirurgia é bem sucedida e não voltamos a engordar, parabéns pra nós... agora, se não emagrecemos a culpa é nossa...
    Tenho plena conciência disso, hj mesmo decidi fazer tudo certo mais uma vez, porém o chocolate está me gritando lá da cozinha kkk... mas gastei a maior grana ontem no mercado comprando coisas light e não quero desistir... está dificil emagrecer 2kg viu?
    Vamos vencer essa juntas Jú, vamos fazer isso por nós e pelas pessoas q nos amam... bjsss

    ResponderExcluir
  8. É Ju...
    A FACA reduziu só o estomago....
    A cabeça NÓS TEMOS QUE APRENDER A REEDUCAR!!!
    Bjs
    Beauty

    http://emagrecendobybeauty.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Nossa...muito profundo. E eu acho que é verdade mesmo. Estou no 18o. dia e ainda não me sinto plena. Estou bem mas ainda preocupada com o estomago e toda vez que acabo de comer fico um tempão sentindo uns incômodos. Juro que pensei que teria sido melhor não ter operado!

    ResponderExcluir
  10. LEgal sua consciencia, as vezes leio tanta gente que já operou teve sua chance e fica querendo me convencer e a meu marido a não fazer, que não vale a pena engorda tudo de novo etc e tal. Mas ninguém conta porque engordou tudo de novo né? Adorei teu post, beijos

    ResponderExcluir
  11. Não é bem assim. Todo mundo tem o direito de fazer e se arrepender por motivos q só competem a quem fez saber. O fato de vc ñ conseguir segurar seu filho, por exemplo, poderia ser frustrante para outra pessoa. Se não é pra vc, ótimo. Os motivos de uma pessoa jamais serão os mesmos de outra. Eu mesma estou com sérias complicações pós-gastroplastia e tenho consciência q mtas dessas complicações são por culpa minha mesmo, mas ñ adianta chorar o leite derramado. Tem q erguer a cabeça e correr atrás do prejuízo! De nada adianta se arrepender, mas é um direito q todo mundo tem. Não posso dizer q estou arrependida totalmente, mas estou bem reticente e não sei se hj faria novamente, pois é como minha nutricionista falou "eu era saudável antes da cirurgia, após a cirurgia, eu me tornei uma pessoa doente pro resto da vida". Doente no sentido q pro resto da vida preciso ser monitorada qto a taxas de nutrientes e vitaminas, pois muita coisa simplesmente nosso organismo não produz mais. Isso mexe com a cabeça de qualquer pessoa. Portanto ñ sou contra o arrependimento, pois todos os contra da cirurgia a maioria das vezes não são bem explicados e muita gente se submete sem conhecer a real gravidade do procedimento a que está se submetendo.

    ResponderExcluir
  12. tudo é tão relativo, mas não temos controle porque se tivessemos não precisavamos ter operado
    ai JU me sinto numa luta diaria contra meus vicios da comida é bem dificil sei que depende de mim, mas antes de operar também dependia amiga lutaremos para o resto das nossas vidas contra o excesso de peso porque infelizmente temos a tendencia da obesidade
    hj eu como menos também, eu comia 2pasteis antes e agora meio as vezes cabe 1, mas não como porque a cabeça mudou e sim porque o corpo limitou infelizmente essa é minha realidade
    se me arrependo? NUNCA faço tudo de novo se for preciso....
    mas também é assim se hj como algo calórico amanha compenso e assim vou levando...nesse exato momento acabei de tomar a 3xicara de cha verde e a quarta garrafinha de agua...tento ir me ajudando e assim vamos levando a vida
    bjss mim

    ResponderExcluir